Início » Semop inicia entrega de guarderias a barraqueiros da orla de Salvador  

Semop inicia entrega de guarderias a barraqueiros da orla de Salvador  

por Redação

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) iniciou, na manhã desta quinta-feira (14), a entrega de guarderias aos barraqueiros que atuam nas praias entre o Corsário e a Sereia de Itapuã. Neste primeiro momento, 120 unidades serão entregues, proporcionando mais conforto aos barraqueiros em suas operações.  

Os toldos servirão como espaços de armazenamento para mesas, cadeiras, sombreiros e caixas térmicas, promovendo maior organização, especialmente durante a desmontagem dos equipamentos ao final do dia. A medida também busca aprimorar a infraestrutura das praias e otimizar as condições de trabalho dos profissionais.  

“Estamos comprometidos em aprimorar as condições de trabalho dos barraqueiros e promover a organização nas praias. A entrega destes toldos é o primeiro passo para proporcionar maior conforto e eficiência operacional, otimizando o espaço nesse trecho de orla”, afirmou o secretário da Semop, Alexandre Tinoco. 

Preservação do paisagismo – O diretor de Serviços Públicos da Semop, Alysson Carvalho, contou que as guarderias vêm para organizar melhor o material dos barraqueiros, ao fim do dia. “A ideia é uniformizar todos no mesmo padrão e, futuramente, através de um projeto da Fundação Mario Leal Ferreira (FMLF), instalar guarderias subterrâneas, para que os permissionários de praia possam acondicionar seus materiais da melhor forma. Sem dúvidas esse momento é importante, com preservação do paisagismo e uma orla mais bonita. E a gente contou muito com a ajuda desses permissionários, que foram solícitos durante todo o processo”, disse. 

A vendedora Eliane Cerqueira, de 50 anos, trabalha há 24 deles na praia de Pituaçu e aprovou o novo material. “A gente não precisa mais ficar subindo e descendo, era muito cansativo para nós. Vai ser muito bom e mais cômodo assim, e esse verão promete, com calorzão. Estamos muito satisfeitos com a medida”. 

O barraqueiro e também presidente da Associação dos Trabalhadores da Orla Pé na Areia (Astop), Elismar Mota trabalha há quase 20 anos nas praias e conta que essa é uma demanda antiga dos permissionários. “Essa é uma demanda antiga e a Prefeitura tem feito um esforço para nos atender. O estreitamento da relação é importante por fomentar atividades relacionadas ao turismo, nos ajudando a prestar um serviço de qualidade e beneficiando a cidade”, declarou. 

Veja também