Início » Prefeitura entrega nova pavimentação e drenagem em Paripe para melhorar infraestrutura e evitar alagamentos

Prefeitura entrega nova pavimentação e drenagem em Paripe para melhorar infraestrutura e evitar alagamentos

por Redação

A Prefeitura de Salvador concluiu a requalificação da Rua do Uruguai, em Paripe, proporcionando a pedestres e motoristas uma via com infraestrutura adequada para locomoção. A obra foi inaugurada pelo prefeito Bruno Reis na manhã deste domingo (26) e teve investimento de R$1,6 milhão.

A intervenção trouxe mais qualidade de vida aos moradores, pois, o local sofria com constantes alagamentos em períodos chuvosos. Além disso, o asfalto da pista estava desgastado e havia passeios irregulares com muitos trechos tomados por mato, lixo e entulho. 

A requalificação da Rua do Uruguai totalizou 600 metros de extensão e envolveu serviços de infraestrutura para implantação de nova pavimentação e sistema de drenagem. O projeto foi executado pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop).

“Havia um compromisso nosso em dotar de infraestrutura três importantes ruas daqui do bairro. Começamos pela Castro Alves, onde investimos R$1,3 milhão, depois foi a vez da Rua Paraguai, que foi beneficiada com mais R$1 milhão, e agora chegamos na Rua Uruguai. São obras que estão levando mais dignidade para famílias que vivem aqui no entorno, ampliando a mobilidade da população. E muitas outras novidades vêm por aí. Já estamos elaborando um projeto para urbanizar todo o canal da Rua Charles Bronson”, destacou Bruno Reis.

Morador da Rua Uruguai, o contador Jesiel Souza Cerqueira, 60 anos, celebrou os investimentos ocorridos na região. “A requalificação daqui era uma espera muito antiga por toda a comunidade. Havia trechos que a gente andava no barro, era muita sujeira e lama, bastante ruim de andar. Agora está tudo uma maravilha”, avaliou.

O soldador Reginaldo Amorim, 42, também lembrou como era a situação da via num passado recente. “O esgoto inundava e invadia as casas em dias de chuva. Muita gente tinha dificuldade em se deslocar por aqui para pegar ônibus. O jeito era colocar saco plástico no pé para não molhar. Era muita dor de cabeça”.

Veja também